Últimos assuntos
» Testes de Avatar, Template e Assinatura
Hoje à(s) 09:00 por Dimitri J. Kors

» Entrega de Avatares
Ontem à(s) 20:12 por Hogwarts Founders

» Registro de Avatares
Qui Abr 19 2018, 16:51 por Vincent L. Blackthorn

» Precisa-se
Qui Abr 19 2018, 16:05 por Caroline V. Archibald

» Flood
Qua Abr 18 2018, 21:37 por Robert S. Winchester

» Pedidos de Avatares
Qua Abr 18 2018, 20:02 por Dimitri J. Kors

» Habilidades Humanas
Qua Abr 18 2018, 10:25 por Liliya Vablatsky

» Varanda
Sab Abr 14 2018, 21:02 por Castiel B. Reymonds

» Promoção - Casa Nova
Qua Abr 11 2018, 01:03 por Young Kaestner Myung-Hee

» Aprimorando Habilidades/Feitiços
Ter Abr 10 2018, 23:09 por Jason Cartier

» Dúvidas
Ter Abr 10 2018, 23:06 por Hogwarts Founders

» Reclamações e Críticas
Qui Abr 05 2018, 12:10 por Hogwarts Founders

»  Banheiro
Sex Mar 30 2018, 23:37 por Hogwarts Founders

» Quarto Cassandra & Sabrina
Sex Mar 30 2018, 23:36 por Hogwarts Founders

» Sala de Estar
Sex Mar 30 2018, 18:01 por Hogwarts Founders


Varanda

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Varanda

Mensagem por Hogwarts Founders em Ter Fev 27 2018, 22:03

Varanda
House Reymonds
avatar
Mensagens : 1501


Ver perfil do usuário
Staff

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Varanda

Mensagem por Castiel B. Reymonds em Sab Mar 24 2018, 20:04


Ao sair da sala de jogos infantil com Frederick o homem decide descer lentamente as escadas em direção a cozinha, enquanto seu sobrinho subia para pegar uma manta.
Chegando na cozinha ele coloca o avental preto, pois o mesmo costuma sempre sujar suas vestes de alimentos na hora de preparar.
Castiel direciona-se a geladeira e pega uma caixinha de leite, deposita a bebida em uma leitera de aluminio e coloca o mesmo no fogo, para deixar em uma temperatura quentinha, pois seu sobrinho adorava chocolate quente e não gelado.
Batendo os dedos ordenadamente da mão esquerda na mesa o homem espera pacientemente o líquido esquentar, ao esquentar ele coloca a bebida dentro de duas canecas grande e deposita bastante achocolatado em pó, mechendo o mesmo logo em seguida com uma colher.
-Então vamos lá...- Diz animadamente para o sobrinho que adentrava o local desamarrando o avental e deixando-o em cima da mesa. -Você vai adorar.- Fala o medibruxo pegando as duas canecas e começando a andar lentamente em direção a varanda.
Castiel nota que o menino havia ficado mais animado, deixando o homem um pouco mais tranquilo, mas não por completo, ele sabia que o garoto precisava de companhia de crianças de sua idade, para que o mesmo possa desenvolver-se como uma criança normal.
-Essa semana irei na escolinha que tem aqui perto...- Comenta observando o sobrinho abrir a porta que dá em direção a varanda. -Mas acho que você poderá ingressar só ano que vem.- Diz agora entregando uma caneca ao menino e indo em direção a rede.
Pacientemente o homem ajuda seu sobrinho a sentar ao seu lado na rede, para que o mesmo não derrubasse sua bebida. Logo Castiel dá um logo em seu achocolatado.
-Eu sei fazer um achocolatado delicioso.- Fala sorrindo para o menino e logo tomando mais um gole da bebida morna.


Castiel B. ReymondsSt. Mungus - Funcionário
avatar
Mensagens : 31


Ver perfil do usuário
St. Mungus - Funcionário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Varanda

Mensagem por Frederick B. Reymonds em Dom Mar 25 2018, 11:48



Frederick B. Reymonds

O menino acabou por seguir o seu tio e descia lentamente as escadas com cuidado, pois, o menino ainda tinha uma certa dificuldade em descê-las mas, a meio das mesmas, Frederick lembrara-se de ir buscar o cobertor.
- Eu vou só buscar o cobertor, tio. - Avisa regressando a subi-las com cuidado e dirigindo-se ao seu quarto vai buscar a sua manta preferida. Com cuiddado Frederick desce as escadas e vai até à cozinha onde o tio tirava o seu avental e já se via o vapor a sair da caneca de chocolate quente.

Os dois dirigiram-se para a varanda pra poderem observar as estrelas que brilhavam lá bem em cima. Frederick sempre adorara ver as estrelas e, se pudesse, o seu sonho era ser astronauta. O menino gostaria de saber se existia vida noutros planetas e descobrir locais nunca antes descobertos pelo homem. Mas o tio acabara por o despertar dos seus pensamentos. - Oh... ainda vai demorar muito? - Pergunta o menino ansioso e impaciente para que tal dia chegasse enquanto segurava a caneca que o tio lhe havia entregue. - AU! - Queixa-se abanando a mão esquerda que tinha queimado. - Está muito quente! - Queixa-se ele, começando a soprar para a bebida e segurando apenas na asa da caneca para não se voltar a queimar.

Castiel acaba por pegar no menino colocando-o na rede a seu lado tendo cuidado com a bebida que o mesmo segurava. O menino continuou a soprar enquanto olhava as estrelas no ceú e pensava que não poderia haver nada mais bonito como aquele momento do dia que se assemelhava tanto com magia.
avatar
Mensagens : 16


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Varanda

Mensagem por Castiel B. Reymonds em Sab Abr 14 2018, 21:02

Após Frederick sentar-se e aconchegar-se na rede o mais velho solta uma gargalhada alta espontaneamente, pois havia achado engraçado a expressão ranzinsa que o sobrinho havia feito ao queimar-se segurando a caneca, de fato o mais velho esquecia que a pele de seu jovem sobrinho era mais fina que sua.
-Bom, falta o resto do ano, então vai demorar só um pouquinho para você começar a estudar.- Diz levando a mão livre nos cabelos loiros do garoto, desarrumando-os.
Ao afastar a mão do jovem Reymond o homem tentava imaginar o que se passava na mente infantil do mesmo, será que ele já entendia demais para sua idade? Até porque Frederick já havia mostrado isso mais cedo. Em seus lábios finos estava estampado um sorriso largo e radiante, enquanto tentava entender a mente de seu pequeno sobrinho.
Castiel dá mais um gole da bebida e eleva seu olhar ao lindo céu estrelado. O mesmo dá uma longo suspiro enquanto observa a linda paisagem e estica suas pernas, estava bastante cansado, mas valia a pena, pois a presença de seu sobrinho lhe animava muito e saber que o mesmo estava sentindo-se bem ali com ele seria algo extremamente gratificante para o mesmo.
-Não acha o céu maravilhoso?- Indaga ao menor distraidamente, pois a paisagem estava praticamente lhe hipnotizando e com certeza o homem precisava apenas daquela paz que a noite e a presença de seu sobrinho lhe proporcionava.


Castiel B. ReymondsSt. Mungus - Funcionário
avatar
Mensagens : 31


Ver perfil do usuário
St. Mungus - Funcionário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Varanda

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum